Ensino de eletricidade básica utilizando a abordagem Ciência, Tecnologia e Sociedade: um relato de experimento

Samuel de Oliveira, Frederico Pablo Zaru Pereira

Resumo


Este artigo apresenta uma possibilidade de trabalhar o ensino de circuitos elétricos de forma não tradicional, tendo como objetivo o desenvolvimento e a aplicação de uma sequência didática, além de utilizar a abordagem CTS, com o intuito de inserir o estudante dentro do processo ensino aprendizagem. Os resultados obtidos com a aplicação do trabalho apontam uma possiblidade de sucesso quanto ao entendimento significativo dos conceitos e das variáveis pertinentes ao tema.

Texto completo:

PDF

Referências


AUSUBEL, D. P.; NOVAK, J. D. e HANESIAN, H. Psicologia Educacional. Rio de Janeiro: Editora Interamericana, 2 ª edição,1980.

BARBOSA, F. A.; MACHADO, C. B. H.; JÚNIOR, E. R.; LINHARES, M. P. Abordagem “Ciência, Tecnologia e Sociedade” (CTS) no ensino de Física: uma proposta na formação inicial de professores. Ensino & Pesquisa, v. 15, n. 1, p. 158-178, 2017.

BONJORNO, José Roberto; RAMOS, Clinton Márcico Ramos. Física: eletromagnetismo e física moderna. 3. ed. São Paulo: FTD, 2016

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais - Ciências da Natureza e suas Tecnologias, [On-line]. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/programa-saude-da-escola/195-secretarias-112877938/seb-educacao-basica-2007048997/12598-publicacoes-sp-265002211. Acesso em: 14 dez, 2017.

CAMPOS, L. B,; CRUZ, F. A. O; PORTO, C. M. Proposta de Abordagem Temática com enfoque CTS no ensino de Física: produção de energia elétrica. Revista Multidisciplinar de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura CAp-UERJ, v.5, n. 10, p. 46-66, 2016.

GANDIN, Adriana Beatriz. Metodologia de projetos na sala de aula: relato de uma experiência. 7 ed. São Paulo: edições Loyola, 2006.

JÚNIOR, J. C. A. Educação e tecnologia: como as novas tecnologias podem ajudar no ensino? Revista Interdisciplinar de Tecnologias e Educação, v. 2, n. 1, 2016.

MÁXIMO, Antônio; ALVARENGA, Beatriz; GUIMARÃES, Carla. Física: contexto e aplicações 2. ed. São Paulo: Scipione, 2016

MOREIRA, M. A. Grandes desafios para o ensino da Física na educação contemporânea. Revista do Professor de Física, v. 1, n. 1, p. 1, 2017

MOREIRA, Marco Antônio. Aprendizagem significativa no ensino superior: teorias e estratégias facilitadoras. Porto Alegre: PUCPR, 2013.

MOREIRA, Marco Antônio. Teorias de Aprendizagem. 2 ed. São Paulo: EPU, 2011. 248 p.

OLIVEIRA, S. Utilização do índice de bulbo úmido e termômetro de globo no ensino de transferência de calor para cursos de graduação na área de exatas. ForScience: revista científica do IFMG, Formiga, v. 6, n. 3, jul./dez. 2018

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do Trabalho Científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2 ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

REBELLO, A. P.; RAMOS, M. G. Simulação computacional e maquetes na aprendizagem de circuitos elétricos: um olhar sobre a sala de aula. Experiências em Ensino de Ciências, v. 4, n. 1, p. 22-33, 2009.

SANTOS, W.L.P.; MORTIMER, E.F. Uma análise de pressupostos teóricos da abordagem C-T-S no contexto da educação brasileira. Revista Ensaio – Pesquisa em Educação em Ciências, v. 2, n.2, p.1-23, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.