Retorno sobre Investimento em TI com ênfase em ERP

Ramaiana Torres Godeia kovalczyk, Nelson Kovalczyk

Resumo


O presente artigo tem como tema o Retorno sobre investimento (ROI – Return on Investment), onde normalmente é aplicado no âmbito dos negócios para avaliar a eficácia do investimento em questão. A pesquisa tem como finalidade explorar o uso do ROI em um contexto de Tecnologia da Informação (TI), em particular em projetos de implantação de sistema ERP. Atualmente o uso de ERP é indispensável na maior parte das organizações, entretanto a dimensão do quanto a solução será necessária e em que total a empresa contratada irá proporcionar são de extrema importância na questão referente ao custo x benefício. O estudo foi elaborado sobre os conceitos de pesquisa exploratória, onde as informações foram coletadas por intermédio de análise de documentos, artigos e livros. As conclusões do estudo disseminam que a análise do ROI mostrou-se questões consideráveis sobre a sua importância e influência nas instituições em relação as tomadas de decisões e nas aplicações de investimento em tecnologia da informação, se tornando assim uma ferramenta de extrema importância.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRU P.; BOTCHKAREV A.. Return on Investment: A Placebo for the Chief Financial Officer… And Other Paradoxes. Journal Of Multidisciplinary Evaluation, Kalamazoo, v. 7, n. 16, p.201-206, jul. 2011

CRUZ, T. Sistemas de Informações Gerenciais – tecnologia da informação e a empresa do século XXI. 3ª. Ed. São Paulo: Atlas, 2003.

DEVARAJ, S; KOHLI, R. The IT payoff: measuring the business value of information technology investments. New Jersey: Prentice Hall, 2002.

DONOVAN, M., 2004, Why the Controversy over ROI from ERP? Performance Improvement. Disponível em: www.rmdonovan.com/pdf/perform.pdf. Acesso em: 19 abr. 2017

FRIEDLOB G. T., PLEWA JR. F. J., Understanding Return on Investment, Published by John Wiley & Sons, Inc., 1996.

GRAEML, Alexandre Reis. Sistemas de Informações: o alinhamento de estratégia de TI com a estratégia corporativa. 2ª. Ed. São Paulo: Atlas, 2003.

GIL, Antonio Carlos. Metodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas,2008.

ROCHA, J. S.; Selig P. M., O Uso de Indicadores de Desempenho como Base para Remuneração Variável nas Empresas e suas Influências nos Custos. In: VIII Congresso Brasileiro de Custos - A Controladoria no Novo Contexto Organizacional, 2001, São Leopoldo. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Custos, v. 01, 2001

JOIA, L. A Retorno dos Investimentos em TI - Uma Visão Crítica". IN: Oliveira, F.B. ed. Tecnologia da Informação e Comunicação: A Busca de uma Visão Ampla e Estruturada. Pearson, São Paulo, p. 18-24, 2007.

KASSAI, J. R.; KASSAI, S.; SANTOS, A.; ASSAF NETO, A. Retorno de Investimento: abordagem matemática e contábil do lucro empresarial. 2ª. Ed. São Paulo, Atlas, 2000.

KOCK, C., Why dosen’t you ROI add up? You do the math, Março 2002 Disponível em: http://www.darwinmag.com/read/030102/roi.html. Acesso em 22 abr. 2017.

LEV B., Afiando os intangíveis, Harvard Business Review, Volume 82, Número 6, Junho 2004

MARTINS, Petrônimo G.; LAUGENI, Fernando P.. Administração da Produção. São Vicente: Editora Saraiva, 2006

MAÇADA, A, C., G., BECKER, J. L., “Análise da Eficiência Relativa dos Investimentos de TI nos Bancos Brasileiros”, Publicado ENANPAD 2001 – Administração da Informação.

REZENDE, D. A.; ABREU, A. F. Tecnologia da informação: aplicada a sistemas de informação empresariais. 2. ed. São Paulo: Atlas. 2001.

SOUZA, Cesar A. de; SACCOL, Amarolinda Z. (Org.). Sistemas ERP no Brasil: (Enterprise Resource Planning): teoria e casos. São Paulo: Atlas, 2003

ZWICKER R., Souza, C.A., “Sistemas ERP: Conceituação, Ciclo de Vida e Estudos de Casos Comparados”, In: Sistemas ERP no Brasil (Enterprise Resource Planning) Teoria e Casos, 1 ed, Capítulo 2, São Paulo, Editora Atlas, pp 63-87, 2003.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.