Ferramentas Tecnológicas de Apoio ao Alinhamento Estratégico Empresarial

Tiago de Lorenzi Cardoso, Paulo Shizuo Ishimura

Resumo


Nos dias atuais, a tecnologia da informação (T.I) é vista como essencial na gestão da comunicação e integração dentro da organização, aos interesses ligados às regras de negócio e no alinhamento estratégico na busca por resultados O cenário atual de mudanças e transformações impõe às organizações a revisão constante dos seus modelos e métodos de gestão, visando garantir a vantagem competitiva com um sistema de alinhamento e controle estratégico de gestão. O presente artigo tem como objetivo elucidar por meio de uma pesquisa bibliográfica e descritiva, a forma em que a Tecnologia da Informação, através de algumas ferramentas como o Balanced Scorecard (BC), o Business Intelligence (BI) e o Customer Relationship Management (CRM), e como eles podem auxiliar o suporte a decisão e mostrar a relevância das ferramentas de análises na gestão e o quanto ela é importante no processo estratégico em uma visão integrada agregando valor negócio e à organização.


Texto completo:

PDF

Referências


CASTRO. Davisson. J. A IMPORTÂNCIA DO CRM – Customer Relationship Management – dentro do universo empresarial para o desenvolvimento de estratégias de marketing de relacionamento por parte das empresas. 2015. . Acesso em 18 abr. 2017.

CHIAVENATO, Idalberto Administração : teoria, processo e prática /Idalberto Chiavenato. -- 5. ed. -- Barueri, SP :Manole, 2014.

CROCE FILHO, Jair; COSTA, Helder Gomes. BALANCED SCORECARD (BSC) E SEUS EFEITOS POSITIVOS E NEGATIVOS. 2009. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2017.

DEMO, Gisela et al. Marketing de relacionamento (crm): estado da arte, revisão bibliométrica da produção nacional de primeira linha, institucionalização da pesquisa no brasil e agenda de pesquisa. 2015. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2017.

EVANGELISTA, Mário Luiz; REBELATO, Fabiana Andrea. Desenvolvimento do Balanced Scorecard como ferramenta estratégica para gerenciamento da cooperativa de serviços médicos – Unimed Alto Jacuí. 2004. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2017.

KALLÁS, David. Balanced Scorecard: aplicação e impactos: um estudo com jogos de empresas. 2003. Disponível em: . Acesso em: 22 abr. 2017.

LAUDON, K.C.; LAUDON J.P., Sistemas de Informação. Tradução Dalton Conde de Alencar. Rio de Janeiro: LTC, 1999.

LEME FILHO, Trajano. O Business Intelligence como apoio à formulação de estratégia. Disponível em: . Acesso em: 14 abr. 2017.

O’ BRIEN, James A. Sistemas de Informação – e as Decisões Gerenciais na Era da Internet. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2004.

QUINTANILHA, Sivana A. S.; MORAES, Tricia Karla Lacerda. Vantagens e desvantagens do “Business Intelligence”, como forma de projetar a inteligência nos negócios de pequenas e médias empresas. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2017.

REGINATO, Luciane; NASCIMENTO, Auster Moreira. UM ESTUDO DE CASO ENVOLVENDO BUSINESS INTELLIGENCE COMO INSTRUMENTO DE APOIO À CONTROLADORIA. 2007. Disponível em: . Acesso em: 14 abr. 2017.

SILVA, Robson Tavares da. Gestão por Processos em Tecnologia da Informação: um estudo em uma empresa de médio porte. 2016. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2017.

SOARES, D.D; SOUZA, E.R; SOARES, M.F; CUSTÓDIO, E.R.S . TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COMO FERRAMENTA DE GESTÃO . salesianolins.com, [sl], Out. 2011. Disponível em: . Acesso 15 Abril. 2017.

TURBAN, E.; MCLEAN, E.; WETHERBE, J. Tecnologia da Informação para Gestão. Transformado os Negócios da Economia Digital. 3 ed. Porto Alegre: Bookman, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.