A Inserção da Educação a Distância no Contexto Educacional Brasileiro: Notas para uma Reflexão Crítica

Fernando Cesar Pilan, Gabrielli Lindaura Soares Medeiros, Gabriel Dilso Tomasine, Mayara Moraes Martin dos Santos

Resumo


A deficiência de nossos sistemas educacionais traz consequências muitas vezes irreversíveis na formação de nossos alunos. Neste sentido, o objetivo deste artigo é refletir alguns aspectos do atual contexto educacional brasileiro (muitas vezes precário) e como se dá a inserção da modalidade de Educação a Distância neste cenário de precariedade e de graves deficiências no processo ensino-aprendizagem. Pretende-se tecer algumas críticas frente a este panorama ressaltando que os problemas que permeiam a inserção da EAD no Brasil não dizem respeito apenas a modalidade em si, mas a educação brasileira como um todo.


Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, T.W. Educação e Emancipação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

BRENNER, F. (et al) Revisão sistemática da Educação a Distância: Um estudo de caso da EaD no Brasil. In: ANAIS ESUD, Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância. Florianópolis, 2014.

DELORS, J. Educação. Um tesouro a descobrir. São Paulo: Cortez; Brasília, DF:

Mec: Unesco, 1998.

FERREIRA, Z. N.; MENDONÇA, G. A. A.; MENDONÇA, A. F. O perfil do aluno de Educação a Distância no ambiente Teleduc. Relatório de Pesquisa. CEFET – GO.

GOMES, P. T. A Filosofia de Merleau-Ponty e os Fundamentos da Educação. In: MARTINS, M.A.; PEREIRA, A.R. Filosofia e educação: ensaios sobre autores clássicos. pp.355-369. São Carlos: EdUFSCar, 2014.

JUNKES, D. S emiformação e os limites da educação em Adorno. In: MARTINS, M.A.; PEREIRA, A.R. Filosofia e educação: ensaios sobre autores clássicos. pp.355-369. São Carlos: EdUFSCar, 2014.

KEEGAN, D. Foundations of distance education. 2a.ed. Londres: Routledge, 1991.

LÜCK, E. H. Educação à distância: contrapondo críticas, tecendo argumentos. In: Educação, Porto Alegre, v. 31, n 3, p. 258-267, UFRGS, 2008.

MOURA, M.R.L. Reformas educacionais e a proposta curricular do estado de São Paulo: primeiras aproximações. 2009. Disponível em: http://www.estudosdotrabalho.org/anais6seminariodotrabalho/marcilenemoura.pdf

MORAN, J. M. O que é Educação a Distância. Universidade de São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 14 Abr. 2015.

PUCCI, Bruno. Teoria Crítica e Educação. In: PUCCI, Bruno (org.). Teoria Crítica e Educação: a questão da formação cultural na Escola de Frankfurt. 3.ed. Petrópolis: Vozes, 2003.

QUINTAL, T.M.M. A possibilidade da emancipação humana - o resgate da experiência formativa e a autocrítica da razão: contribuições de Theodor W. Adorno para a educação. In: ANAIS I Congresso Internacional de Filosofia da Educação. UNINOVE, 2011.

TORRES, R. M. Melhorar a qualidade da educação básica? As estratégias do Banco Mundial. In: TOMMASI, L.; WARDE, M. J.; HADDAD, S. (Orgs.) O Banco Mundial e as políticas educacionais. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1998. p. 125-186.

ZUIN, A. S. Educação à distância ou educação distante? O Programa Universidade Aberta do Brasil, o tutor e o professor virtual. In: Educ. Soc., Campinas, vol. 27, n 96 – Especial, p. 935-954, UFSCar, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.